16 de abril de 2018



CASAIS, ATENÇÃO!!!

Nesta quinta-feira (19 de abril), estarei Palestrando no Culto de Casais da Igreja Sede do Ministério Evangélico Palavra de Vida.
O culto é promovido pelo departamento de Família da Igreja, o Celpv Casais Edificando Lares.
Participem!!!
Venham edificar muito mais seu relacionamento aos pés do grande idealizador da Família - O DEUS DA BÍBLIA SAGRADA.
Esperamos por vocês!!!
Pr Samuel Everton e Miss. Márcia Santos


Panorama do Livro do Apocalipse.
Palestra ministrada no último sábado (14/04), na Parada Teológica - Evento promovido pelo departamento de Ensino da Congregação da Palavra de Vida - Rio Branco, São Vicente.

9 de março de 2018

TÍTULO: NÃO PERCA A COMUNHÃO

TEMA: ONDE DEUS ESTÁ?

TEXTO: Isaías 45.15 "Tu és um Deus que te ocultas...".

INTRODUÇÃO: Por quê para alguns existe facilidade de enxergar o Senhor em sua vidas e, para outros, existe um tipo de impeditivo para tal coisa? Infelizmente, tem pessoas que se deixam dominar pela sua alma, se prostrando aos seus dilemas e crises emocionais. Perdendo sucessivamente a sensibilidade e a percepção da PRESENÇA DE DEUS, gerando quebra da comunhão com o Pai Celeste.

I- ANALISANDO DOIS PONTOS DE VISTA

1- Deus no ponto de vista do Salmista Davi: Salmo 139.1-12
No ponto de vista de Davi, era difícil saber onde NÃO encontrar Deus, isto é, no “estado” espiritual e emocional em que se encontrava Davi, difícil era dizer onde Deus NÃO estava. Ele conseguia vê-lo em todo lugar. Seus olhos estavam sensíveis a presença de Deus (diferente do segundo ponto de vista que falaremos agora).


2- Deus no ponto de Vista de Jó: Jó 23.8,9
No ponto de vista de Jó era muito difícil encontrá-lo. Mas, mal sabia ele que essa “tal” dificuldade de enxergar Deus ou de encontrá-lo, estava nele mesmo, pois, se deixou dominar por suas emoções, isto é, tornou-se escravo na sua própria alma. 
Observe como Jó se deixou dominar pelas suas emoções:
▪ No capítulo 19.25 ele declarava: "Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.". Mas, no capítulo 23.1-9, esta convicção parece está abalada: "Diante do exposto, Jó tomou a palavra e respondeu: Até o presente momento reclamo com revolta e amargura; apesar dos meus gemidos a mão dele pesa forte sobre a minha vida. Ah! Se eu soubesse onde poderia encontrá-lo! Então, me chegaria ao seu tribunal. Eu lhe apresentaria a minha causa e a minha boca estaria repleta de argumentos. Ouviria atentamente o que ele me responderia e avaliaria com cuidado tudo quanto me dissesse. Porventura, segundo a grandeza de seu poder, contenderia comigo? Penso que não! Ele não me acusaria de nada. Ali, o homem íntegro pleitearia com ele, eu seria considerado inocente e sairia liberto da presença do meu juiz. Entretanto, se busco no Oriente, lá ele não está; se parto para o Ocidente, tampouco o encontro. Quando ele está agindo no norte, não o consigo enxergar; quando suas ações ocorrem no sul, nem a sombra dele me é possível perceber.".

*Os vs. 8,9 revelam o resultado daqueles que se deixam se dominar pelas suas emoções.
 Vejamos algumas declarações de Jó: Queixa angustiante (v.2); Senso de punição (v.2); Sentimento de Abandono (se tão-somente eu soubesse onde encontrá-lo...v.3); Minha verdade (v.4); Se achou mais justo do que Deus (v.5-7).
*Jó só expressou aquilo que estava em seu coração.  Como a Bíblia diz: “O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.” (Lc 6.45); “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!” (Mt 6.21-23).


II- MANTENHA A COMUNHÃO COM DEUS

Não se esqueça:  QUANDO SE TRATA DA SALVAÇÃO É DEUS QUE ENTRA NO MUNDO DOS HOMENS ATRAVÉS DE CRISTO. MAS, QUANDO SE TRATA DA COMUNHÃO DO SALVO COM DEUS, ISTO É, O RELACIONAMENTO, SOU EU QUE DEVO ESTAR NO MUNDO DELE. “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem. E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura. Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou.” (Hb 12.14-17).

***AS OBRAS DA CARNE QUEBRAM NOSSA COMUNHÃO COM DEUS: Ler: Gl 5.16-26; Cl 3.1-17

CONCLUSÃO:
Onde está Deus?
No mesmo lugar, isto é, no MUNDO DELE, EM SUA DIMENSÃO PECULIAR (Mt 6.6)
Queres vê-lo ou encontrá-lo, saia do seu mundo de emoções e, ENTRA COM OUSADIA NO MUNDO DE DEUS ATRAVÉS DE CRISTO JESUS (Hb 10.19-21)

1 de março de 2018

ESBOÇO/PREGAÇÃO: "CREIA, DEUS ESTÁ NO CONTROLE"

TEMA: FALAS, AÇÕES E PROPÓSITOS DE DEUS

TEXTO: Êxodo 14.15-31

I-   AS FALAS DE DEUS
1-    Ordenança
a)     “Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem.” (14.15).

2-    Instrução
a)     “E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.” (14.16).

3-    Revelação
a)     “E eis que endurecerei o coração dos egípcios, e estes entrarão atrás deles; e eu serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros, E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando for glorificado em Faraó, nos seus carros e nos seus cavaleiros.” (14.17,18).

II-  AS AÇÕES DE DEUS
    1-    Proteger
a)     “E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles.
E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro.”
(14.19,20).

2-    Providenciar a Saída
a)     “Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda.” (14.21,22).

ð Vento Oriental: Este vento é muito conhecido nas Escrituras pela sua violência. Quando ele se manifesta, atingi aproximadamente 300 km/h. É uma verdadeira tempestade (semelhantes aos tufões, furações, tornados, etc.).

v Curiosidade: Segundo os pesquisadores, naquele período ou época (que correspondia ao 1º. Mês no Calendário Judaico – NISSAN e, 4º. Mês no calendário Egípcio), não era propício a ocorrência de fortes ventos ou tempestades, pelo contrário, era um período climático com previsões de chuvas tardias e ventos fracos vindos do ocidente. E, quando estudamos a real localização do povo em frente ao Mar Vermelho, percebemos que era impossível ocorrer ventos fortes por causa das grandes montanhas que cercavam o litoral.
 *Para abençoar Seu povo, Deus muda o que precisar mudar:       Leis; Climas; Geografia; TUDO.
*Observe a força do vento de Deus: Sl 77.16-20

3-    Destruir o opressor
a)     “E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o Senhor por eles peleja contra os egípcios. E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derrubou os egípcios no meio do mar, Porque as águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nenhum deles ficou.” (14.23-28). “Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. E viu Israel a grande mão que o Senhor mostrara aos egípcios; e temeu o povo ao Senhor, e creu no Senhor e em Moisés, seu servo.” (14.30,31).


III-     OS PROPÓSITOS DE DEUS
1-    Revelar-se mais uma vez ao Seu povo
a)     “E viu Israel a grande mão que o Senhor...” (14.31).

2-    Mostrar ao inimigo que o povo de Israel tem dono
a)     “E viu Israel a grande mão que o Senhor mostrara aos egípcios;” (14.31).

3-    Ser reconhecido com o único Deus Poderoso
a)     “...e eu serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros... (14.17); E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando for glorificado em Faraó, nos seus carros e nos seus cavaleiros.” (14.18).

ESBOÇO/PREGAÇÃO: "A FÉ DE ENOQUE"

TEXTO: Hebreus 11.5

I-   QUEM ERA ENOQUE?
1)      Ascendência e Descendência
a-    Segundo os relatos bíblicos, Enoque fazia parte da linhagem chamada SETITA, isto é, era descendente de Adão pela linhagem de Sete (primeiro filho de Adão e Eva depois que Caim matou Abel, Gn 4.25). Esta linhagem é conhecida como “linhagem piedosa”, porque seus descendentes, a partir de Sete, voltaram-se para Deus. Um exemplo disso está registrado em Gênesis 4.26.

b-    Enoque também é identificado como o “sétimo depois de Adão” (Jd 6.14). Em Gênesis 5.3-18, encontramos a sequência que comprova o que o apóstolo Judas escreveu:  Adão gerou Sete gerou Enos gerou Cainã gerou Maalalel gerou Jarede gerou Enoque.

c-       Enoque ficou conhecido por muitos fatores, mas quero destacar pelo menos 2:
ð  Pai do homem que mais viver na terra: Matusalém viveu 969 anos (Gn 5.27).
ð  Primeiro homem na Bíblia que Deus arrebatou (Gn 5.24).

2)      Vida Espiritual
a)   A vida espiritual de Enoque é descrita em pouquíssimos textos nas Escrituras, mas o pouco que nos foi registrado, nos remete a idéia de uma vida espiritual de alto nível com Deus, apesar de todo o contexto que se viviam na sua época. 
ð  Na época de Enoque, o ser humano já estava sob o pecado...o pecado que seus tataravôs (Adão e Eva) cometeram dentro do Jardim.
ð  O contexto de vida na época de Enoque era destruidor. Homens longe de Deus. Amantes de si mesmos. Violentos. Corações de pedras.

b)  Mesmo diante de tal contexto, Enoque conseguiu se manter em seu alvo: QUERO MAIS DE DEUS.
ð  É verdade que a intimidade que Adão Eva tiveram com Deus no Jardim do Éden, era ÍMPAR. E, por causa do pecado, o ser humano foi “destituído” dessa glória (Rm 3.23). Mas, Enoque não ousou dizer: VOU ANDAR COM DEUS.

c)       A vida espiritual de Enoque é testemunhada nas Escrituras (Hb 11.5,6)

II-     CARACTERÍSTICAS DA FÉ DE ENOQUE QUE PODEMOS OBTER

1)      Não se conformou com o CONTEXTO do mundo
a-      Andou antes... durante... depois que Matusalém nascera.
b-   Não se deixou influenciar pelas coisas do mundo. Pelo contrário, profetizou contra seus hábitos: Judas 11-16
c-     A Bíblia diz que não podemos nos conformar com este século: Rm 12.2

2)      Ousou ir além das experiências contadas pelos outros
a-      Enoque foi em busca de experiências pessoais.
b-    A bíblia nos orienta a buscar ao Senhor constantemente: Sl 27.4,8; 42.1,2; 107,9; Mt 4.4; 5.6; Jr 29.13

3)      Havia uma mistura homogênea entre o que acreditava e o que se viva

a-    O verdadeiro homem de fé, não anda divorciado que com aquilo que professa


19 de janeiro de 2017

DFC [Discipulado da Família Cristã] de Hoje: "A BENÇÃO DE DEUS NA FAMÍLIA"
“Deus os abençoou e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se!” [Gênesis 1.28].

Amo o livro de Gênesis por muitas razões e, uma delas é conhecida por todos, pois, trata da ORIGEM de tudo que existe. Quando leio os primeiros capítulos, fico extasiado com relatos pontuais sobre o começo da vida, da terra, do Universo, enfim, de tudo... Mas quero destacar a origem da Instituição chamada Família.

A família foi instituída por Deus com bases sólidas e propósitos eternos. E isso se ver claramente no texto acima: “Deus os abençoou...”.

Não existe melhor base ou estrutura familiar do que a benção de Deus e, esta benção é a própria presença de Deus na família. Sua presença equilibra, ordena, mantém, frutifica, faz crescer, é céu na terra... Mas não posso me esquecer que o antônimo também é verdadeiro.

Quando o pecado entrou no mundo por vias da desobediência de Adão e Eva (Rm 5.12), afastou-os de Deus, quebrando assim, o elo da comunhão (Rm 3.23; 6.23a). Mas, graças a Deus que em Cristo fomos reconciliados com o Pai (Cl 1.13-23) e, passamos a viver novamente nas bênçãos de Deus (Ef 1.3).
Querido casal, Cristo precisa ser a BENÇÃO de sua família. Sem Ele tudo perde a beleza, a vida, a paz, a salvação, a harmonia, etc.

Convide Jesus Cristo para fazer parte!
Não O exclua de sua vida!
Deixe Cristo conduzir sua casa!
Ele sabe o que faz!

Curtam a página do facebook @discipuladodafamiliacristã

Graça e Paz!

7 de junho de 2016



A Felicidade tão desejada depende muito...e muito mesmo, da administração pessoal dos fatores que chamamos de: Liberdade, EscolhaRespeito e Consideração. Sem os tais, o máximo que conseguiremos obter são os pequenos momentos de prazer que, a princípio, geram um sentimento de independência ou de poderio, mas quando a tal sensação passa, percebemos que somos os mais infelizes da terra.
Pense nisso!